Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ABRAÇANDO ESPINHOS

Não acredito mais na rosa, só acredito em espinhos.
Que dilaceram as carnes de minha alma, desfigurando graves feridas internas.
Nunca a cruz pesou tanto nesses covardes ombros que suspiram profundos ais!
A loucura abraça a melancolia e juntas transformam a esperança em cárcere.

Nunca os pedaços de meus sonhos quebrantados se desesperaram tanto debulhados em lágrimas
E no pântano translúcido do meu ser desejos antigos me afogaram tanto em pranto de dor
E eu já nem sei mais onde devo caminhar já que as pedregosas estradas se igualaram
As duas metades de meu coração sangram juntas e agora quem irá amparar quem?

Quando a gente pensa que a dor alcança o seu apogeu ela transcende barreiras
Mente e Corpo se igualam em uníssona canção regida pelo desespero
Cambaleia a loucura, agora ela está aqui atormentando meus olhos.
O espelho revela o fracasso e a frustração de dormir sonhos e acordar pesadelos

E logo agora que mais preciso do seu abraço, me ignoras, meu amado tesouro!
Desprezas-me, eu que me humilho e me contento com as migalhas de seus sentimentos
Nem as migalhas queres me oferecer, em ti só vejo desprezo e indiferença.
E logo agora que mais preciso do seu abraço resolves em vão me abandonar...

Dança macabra faz de meus olhos chafarizes de lágrimas e lástimas
Unicórnio encantado me oferece o seu ombro, mas peraí não existe unicórnio!
Nesse momento vejo que a solidão é a única confidente que tenho
E logo agora que mais preciso do seu abraço me devolves desprezo e meu coração se arrebenta

E uma profunda decepção se insinua em meu coração, à mágoa visitou minha casa.
Deixando apenas espinhos que ferem feridas não cicatrizadas
Meus ombros latejam, a queda é inevitável não conseguirei levantar.
E logo agora que mais preciso do seu abraço me fazes de tapete para seu desprezo passar!
 
Daniela Moura Rocha de Souza
Enviado por Daniela Moura Rocha de Souza em 19/06/2006
Reeditado em 14/10/2010
Código do texto: T178553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Daniela Moura Rocha de Souza
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 34 anos
10 textos (448 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:30)
Daniela Moura Rocha de Souza