Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Promessa Inglória

Fria a lua,
O chão molhado,
Os corpos suados
E ela estremecendo ali,nua!

De nada adianta o silêncio
Da noite os ruídos se somem,
Somente o ruflar de suas asas
É o que a todos consome.

Aliviada,mesmo estando abatida
Sabia o que haveria.
Pediu-me pelo amor nosso
Que sua vida tirasse àquele dia...

Nada além de amor
Passou-se naquele momento
Castigado hoje vivo eu,
Por ter dela acabado o tormento!

Amedrontado,porém instruído
Ela pediu juramento eterno.
Por amor fiz seu capricho,
Padeço hoje em meu próprio inferno.
lilcandi bisser
Enviado por lilcandi bisser em 28/06/2006
Reeditado em 06/11/2008
Código do texto: T183928

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lilcandi bisser
Recife - Pernambuco - Brasil, 31 anos
34 textos (820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:33)
lilcandi bisser