Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cárcere

Alma jovem machucada e ferida
Solta teus grilhões, liberta
Teus fantasmas, pavores e horrores
Grita!

Alma jovem devassada e sofrida
Enfrenta a dor de viver, aprisiona
Teus amores e favores, sonhos
Cala!

Alma jovem pisada e remexida
Encobre teu ser, com a manto da noite
De dentro de suas entranhas
Chora!

Alma jovem humilhada e partida
Do passado não passou, ficou
Presente e vivo, eternamente
Morra!


Jorge Pedro
Enviado por Jorge Pedro em 31/07/2006
Código do texto: T206416
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Pedro
Porto dos Gaúchos - Mato Grosso - Brasil
3 textos (137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:19)