Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aqueles olhares...

Olhe-me e veja como fico bonito de social,
Olhe-me e veja o quanto eu desejava estar aqui,
Olhe-me e veja meu passado doloroso e sangrento,
Olhe-me e lembre-se de nossa infância através do tempo,
Olhe-me e lembre-se o quanto costumávamos a sorrir,
Olhe-me e lembre-se também de nossas lamentações,
Olhe-me e sinta o doloroso momento,
Olhe-me e veja meu rosto deprimido,
Olhe-me e veja o que uma alma sem esperança pode fazer,
Olhe-me e tente saber por que eu era tão impuro,
Olhe-me e testemunhe a beleza da fera,
Olhe-me e testemunhe todo esse momento de tristeza,
Olhe-me e não se esqueça de contemplar a noite,
Olhe-me e lembre-se o quanto eu sonhava para as estrelas,
Olhe-me e lembre-se o quanto eu me sufocava na solidão,
Olhe-me e veja o quanto eu sofri por você...
Olhe-me e tente a partir de hoje mudar as estrelas sozinha,
Olhe-me e sinta-me ao seu lado nas noites mais frias,
Olhe-me e lembre-se que estarei te esperando,
Olhe-me! Olhe-me! Veja minha atitude covarde,
Olhe-me e chore sobre meu corpo,
Olhe-me e tente não tomar as mesmas pílulas,
Olhe-me, não para me dar “Adeus” e sim “Até logo”,
Olhe-me pela ultima vez, pois o caixão será fechado,
Olhe-me o bastante, para ficar com ultima lembrança guardada dentro de você...
Psykeep
Enviado por Psykeep em 15/08/2006
Código do texto: T216974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Psykeep
São Paulo - São Paulo - Brasil, 28 anos
4 textos (174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:18)
Psykeep