Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MORREM OS DIAS

MORREM OS DIAS QUE SE VÃO
COMO VÃO OS DIAS VÃOS
ESVAINDO-SE ENTRE MEUS DEDOS
FEITO AREIAS DO TEMPO
SENDO O TEMPO
O PRÓPRIO TEMPO QUE SE PERDE
NEM SENDO OU QUERENDO
OUTRA COISA QUE SER NADA
E ,DESTE NADA,FUMANDO OU BEBENDO
OU SENDO TRAGADO DE UM TODO
QUE É TÃO CONFUSO QUE NÃO SEI
O QUE QUERO OU SEREI
QUANDO EM MIM CESSAR ESTE DESEJO DE NADA SER
JÁ NADA SEREI TENDO UM NADA SIDO
MAL NASCIDO, MAL VIVIDO E MAL MORRIDO
fabiano muniz
Enviado por fabiano muniz em 20/08/2006
Código do texto: T221009
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fabiano muniz
Santos - São Paulo - Brasil, 41 anos
44 textos (7451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 09:04)
fabiano muniz