Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DECEPÇÃO

O meu corpo dá sinais...
A dôr da alma reflete agora no físico!
Que se alastra gradualmente,
Diante de tanta crueldade!
Há trinta dias
Que clamo por justiça!
Fui julgada... apunhalada...
Já não mais vivo...
Apenas continuo a existir.
Ainda assimilando o ocorrido,
Procurando respostas...  não encontro.
Quero acordar deste sonho aflitivo!
É tudo tão desumano...tão mesquinho!
Terrível calúnia,
Na qual fui acometida!
Resta-me o silêncio... a indignação!
Como ficar indiferente a tudo isso?
No momento apenas reflito.
Na ânsia aguardo o tempo passar...
E como um animal ferido, recuo!
Desabafo ao rabiscar endecha...
A poetizar...
Até que eu volte a sorrir.

   Wal... 30/08/2006.

Wall
Enviado por Wall em 01/09/2006
Código do texto: T229938
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wall
Feira de Santana - Bahia - Brasil
50 textos (3089 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:49)