Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oração dos Amantes Desesperados

Meu Deus, ajuda-me!
Cala estes suspiros
que tão violentamente
me tratam, empalidecem-me
a fronte e o sangue,
escorando-se na parcialidade
de ecos esguios.

Ajuda-me, ó meu Deus,
neste limiar que cotejo antecipar,
neste ciclo desértico de anseios,
nestas vésperas em que germinam
amargurados novos desesperos.

Ó, Deus meu, socorre-me!
transforma ao menos uma
parcela deste colar de rigores
na amenidade de um beijo sonhado:
parcializa pelo menos a
rendição fugaz de um abraço.

Meu Deus,
Mata estes suspiros, se são culpados,
ou mata, com o ordálio, no encantamento
que em meus olhos se amortalha,
a todos os amantes do mundo...
ErlKoenigKunstler
Enviado por ErlKoenigKunstler em 04/09/2006
Reeditado em 27/12/2008
Código do texto: T232155

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErlKoenigKunstler
Santo André - São Paulo - Brasil
74 textos (3066 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:45)
ErlKoenigKunstler