Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A máscara e a espada
Guida Linhares

Nem posso ainda acreditar
que partiste deixando a máscara,
que usaste por tantos anos
quando dizias me amar.

Do preto luto me cubro
diante da morte de um amor,
que perdurou por anos a fio
agora tingido de sangue rubro.

Que da tua cruel espada,
escorreu sem compaixão alguma,
cortados os vínculos que nos uniam
me deixando sozinha e sem nada.

Ferida, ganhei asas protetoras
tornando-se da alma, salvadoras
na defesa de cada estocada tua.

Te mostravas cada vez mais ferino!
Arrancaste a máscara em desatino
e jogaste aos meus pés ainda nua.

Destruidas a máscara e a espada,
uma nova vida se faz descortinada,
do Fórum vislumbro o sol na rua.

Santos/SP/Brasil
03/09/06


////////////\\\\\\\\\\\


Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 04/09/2006
Reeditado em 13/05/2010
Código do texto: T232366
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Guida Linhares www.guidalinhares.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:17)
Guida Linhares

Site do Escritor