Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdição

Não há mais dor pra sentir, nem esperança pra se pendurar, as noites são tão claras quanto suas palavras. Não há mais sonhos pra fingir, nem mentiras pra se contar.
Esse vazio consome meu mundo, essa dor não é nada, essas vozes me calam, e seu reflexo esta em toda parte.
Não há mais pulsos pra se cortar, vidas vão e seguirão e tudo estará no mesmo lugar.
Não há mais sentimento pra fingir, nem remédios a se tomar, esse tempo esta frio e assim ficara.
Essa solidão me corta, me faz mal, embriaga e em enjoa, tudo que vejo são pessoas, esse túnel já passou e felizmente você não é nada alem de nada pra mim.
Se a dor fosse incomodo, acho que me sentiria vivo, se eu realmente me importasse, se ele me achasse importante não fugiria a tanto tempo.
Eu só quero saber, porque essa lagrima sai dos meus olhos?Porque meu coração ainda sofre? Será que eu ainda tenho esperança? Será que eu gostaria de estar acordado? Vendo que a vida é a mesma.Eu acho que tudo é claro quando não passam de mentiras.Se alguém realmente me enxergasse poderia ver que sou fraco, que nada é como é, que tudo é assim mesmo, que não agüento mais essa solidão, que eu posso sentir dor, que meu coração não é de ferro, que eu tenho alma, mas que não acredito nisso por nada, por que não quero e não posso.
Acho que seria pedir muito, mas me esqueça, isso não passou de um erro, sou mesmo um idiota, esqueça dessa vida.
Traga minha garrafa; minha salvação, minha ruína e minha companheira. Apague a luz faça silencio e me deixe quieto pos eu quero descansar sozinho.
Anubis
Enviado por Anubis em 07/09/2006
Código do texto: T234565
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Anubis
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 30 anos
5 textos (203 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:47)
Anubis