Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melancolia

Deixa estar...
Agora tudo muda.
Naquele sol que se pôs hoje não vi a luz
E não senti o fim quando a escuridão chegou.
Calma.
Isso passa
A cama me espera e a cortina é só fechar.
Não quero o calor do sol quando acordar.
Cale...
Não faz diferença
O que for pra mudar não será por ti
E tuas palavras vazias serão em vão.
Entenda...
Pode ser que nunca termine
Deixe-me sozinha
Leve as minhas últimas alegrias
Guarde...
Cada gesto meu que puder lembrar
Deixe tudo dentro daquela pandora
E não abra jamais
Esqueça.
Não vale a pena...
Tua ajuda foi irrelevante
E tu sabes disso desde que decidiu estender a mão.
Pare.
Não sofra pelo que já foi
As lágrimas secaram e já me conformei
Não... Não abra as janelas
Já disse que não quero ver o sol
Desista de lutar
O mundo que é meu se foi
A areia passou fácil por entre os dedos
O pouco de vida que ainda podia segurar
Mas não chegou o fim
Lembre-se da pandora
Não abra, mas lembre-se do que ela guarda.
Permaneça...
Viva o teu resto de melancolia
Não entregue tua força a mim
Não tenho onde deixar.
A noite chegou novamente?
Deixe a Lua me beijar
É o momento mais importante do meu Adeus
É onde saberei quem me espera.
Sonhe...
E junto da Lua iluminarei tua tristeza
Olhe pra ela se quiser sentir.
Solte minha mão
A hora chegou.
Não espere pra ver meu último suspiro
Mas lembre-se que foi por ti.
Morgani Guzzo
Enviado por Morgani Guzzo em 09/09/2006
Reeditado em 09/09/2006
Código do texto: T235935
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Morgani Guzzo
Guarapuava - Paraná - Brasil, 27 anos
18 textos (501 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:27)
Morgani Guzzo