Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Voz do inferno

  Uma página em branco me descreve,
  pálida,pobre,fria e vazia.
  Uma carne que não chama
            que não atrai
            que não seduz.
  Podre,fétida,amarga
               cheia de vermes.
  Esquecida num abismo de densas tevas.
  Trevas que dilaceram meu coração
  e carbonizam minha alma.
  Estou sepultada num vale de amargura,
                   pranto e melâncolia.
  Sou resquício do pecado.
  Sou lembranças de ódio.
  Sou saudade da dor.
  Entorpecida pelo desejo de ser.
  Trancada nas correntes da ilusão.
  Ignorada,ao relento.
  E agora nem a morte me deseja,
  só a solidão persiste.
pacai
Enviado por pacai em 11/09/2006
Código do texto: T237638
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
pacai
Lavras - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
3 textos (65 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:20)