Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACASO DO DESTINO

Em suplicas quantas vezes...
Chorei
Em alegrias quantas vezes...
Sorri
Em desesperanças quantas vezes...
Não acreditei
E as evidências quantas vezes...
Fiz
Que não vi!

Os dias e noites parecem intermináveis...
Na tristeza que dilacera o peito
Uma dor que não consigo suportar.

O acaso se transforma em caso
Esse caso que vira realidade
Numa confissão difícil de aceitar...

Deixando-me impotente e magoada
Com o coração machucado, infeliz, ferido!
Na realidade cruel que traz o medo.

Esse medo de enfrentar, de acreditar, de não entender!
O que o destino agora está me fazendo sofrer...

Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 15/09/2006
Reeditado em 14/10/2006
Código do texto: T240573
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2885 textos (497038 leituras)
75 áudios (27394 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:13)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor