Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cuspir na própria face

Aaaaahhh...! Eu quero mais é que a vida me esqueça,
Tomara que amanhã seja o dia  em  que  arrefeça!
Meu braço a torcer, devasso ser, quero morrer
Meio logo, pra já, não desejo amanhecer.
O   sol   para   mim   não   nasce,
Quero  cuspir  na  minha  face
Quebrar todos os espelhos,
Não quero conselhos.
Morrerei cedinho,
Sozinho.
Cirilo
Enviado por Cirilo em 17/09/2006
Reeditado em 12/04/2009
Código do texto: T242801
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cirilo
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
136 textos (7396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:22)
Cirilo