Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dias solitários

Dias solitários
dias sem fim.

Quando o mar vaguei
Calmamente entre a areia
Tudo parece sumir-se no horizonte,
Mas perante
A incerteza alheia
Tudo volta derepente.

E numa onda frenética que pulsa
O coração se acelera e se imagina longe
Se perde e não se acha mais

E como o verão que sopra mansamente
Não se vê, so se sente.
E no caís .
A despedida é sempre a mesma:triste
E inquietante.

 
Poets Of Night
Enviado por Poets Of Night em 15/10/2006
Código do texto: T265071
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poets Of Night
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
82 textos (10575 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:32)
Poets Of Night