Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mágoas confusas



Quem sabe um dia,
quando não mais chover,
quando cessar a ventania,
possamos ver sob o prisma
da última gota d'água,
um enorme arco-íris,
e multicor...
Confundirá minhas mágoas.
Lembrarei de ti então,
com beleza e melancolia.
Ou quem sabe...
Com rancor e alegria,
talvez...
Com tristeza e esperança.
E com mágoas confusas,
talvez esqueça
esta sede de vingança.
Zemar Sousa
Enviado por Zemar Sousa em 01/11/2006
Código do texto: T279085
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zemar Sousa
Fortaleza - Ceará - Brasil
53 textos (2371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:10)
Zemar Sousa