Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem resposta.

Vieram me perguntar
Porque vivo assim inquieto.
Porque só pareço feliz,
Quando você está por perto.
Eu não soube responder!
Não sei se é certo gostar de você.
Quanto mais te vejo, mais aumenta meu querer.
Não sei se você merece, essa dor e meu sofrer.

Sabe! Os dias vão se findando lentamente.
Olhando o sol se pôr, com você na minha mente,
Começo a imaginar nós dois, coração fica ardente.
Será que é injusta, a dor que invade a gente?

Dói por saber que não sente
A mesma chama ardente,
Que vive a me queimar.
Todo dia choro tanto.
Termino a tarde em pranto,
Por saber que nunca vai me amar.

                P.H.S.
Pedro Henrique Sabater
Enviado por Pedro Henrique Sabater em 07/11/2006
Código do texto: T285085
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pedro Henrique Sabater
Wenceslau Braz - Paraná - Brasil, 30 anos
415 textos (61763 leituras)
1 áudios (14 audições)
1 e-livros (190 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:29)
Pedro Henrique Sabater