Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUTROS DESCAMINHOS...

Hoje me vi sofrendo...recordando...
Uma peça íntima... Cor de abóbora,
Sentada na entrada de uma porta,
Na praça; preocupada e eu pensando...

Mas teu olhar não me via...não sentia...
Olhava perpendicularmente... para cima;
Para um primeiro andar; que escondia,
Tua "amizade"; Que eu desconhecia...

Perguntei: "Esta preocupada???
Não!!! Você para mim dizia.
E naquela tarde de revelações,fria!!!
Descobri que de outro se ocupava...

E eu olhando a peça íntima...abóbora...
Sob a qual meus desejos escondia,
Mas teu olhar...Era como a tarde...fria...
Me ver com você!!!o homem do sobrado não queria.

Hoje são tantas amizades,
Que eu nunca saberia...
Vai das notícias ao tango,
Eram-lhes íntimos e eu não sabia...

Uma peça íntima...abóbora...
Sob ti,algo que pensei ser minha,
Mas suas velhas,para mim novas amizades,
Aos poucos me desmentia.
Leilson Leão
Enviado por Leilson Leão em 10/11/2006
Reeditado em 13/08/2007
Código do texto: T287847
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leilson Leão
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 50 anos
950 textos (69217 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:58)
Leilson Leão