Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Suas Sombras

Difícil se libertar
Impossível retornar.
Poderei não mais lhe ter...
Novamente.
Mas um dia voarei ...
Compartilhando lhe o outro lado...
Até lá não mais estarei contigo
Lhe tocando, lhe amando...
Mas esperarei aqui,
Ao seu lado, guiando-lhe...

No silêncio das madrugadas mortas
Velei teu sono profundo
E a cada chamado desesperado
Hei de aparecer para te olhar,
Apenas te olhar...
Seus gritos doentios
Não deixam-me descansar,
E só fazem-me sofrer,
Tornando-me cada vez mais presente...
E mesmo assim apagada.

Quando tentar encontrar-me
Surgirei em forma de brisa
Para tocar-te por completo
No corpo, n’alma...
Seus lamuriantes choros
Todas as noites ouvirei
E nada fará-me descansar
Até levar-te comigo...

Só então,
Virarei seu próprio vazio,
Sua dor que sufoca,
As sombras que te acompanham
Até o final de su’existência,
Onde só aí poderei descansar em paz...
Torno a sentir o sufocar no peito,
Falta-me um pedaço,
Falta-me você...

Sou agora uma alma perdida,
Vagando nas suas sombras mortas...
06/02/06(segunda-feira)
morbidah
Enviado por morbidah em 16/11/2006
Código do texto: T292866
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
morbidah
São José dos Pinhais - Paraná - Brasil, 27 anos
27 textos (657 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:36)
morbidah