Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

um punhal

     
Hoje senti o vento tocar meu rosto
parecia o leve tocar de sua mão
e quando percebi me vieram lágrimas de sufoco
que sem cesar(durante tempos) trasbordam em meu coração.

Lembranças se transformaram num púnhal,inserido sem piedade
tempo que não volta alimenta a distância
Dois corações que levaram uma vida para se unirem
em apenas um segundo são separados por capricho.

...É eu sigo a vida, apesar dos erros que eu naõ esqueci...
Só peço a Deus que você esteja feliz
gênioindomável
Enviado por gênioindomável em 22/11/2006
Código do texto: T298580
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gênioindomável
Santana - Amapá - Brasil, 29 anos
2 textos (106 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 00:57)