Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Boca Morta

Tamparam minha boca.
Abafaram os sons de meus gritos.
Desaparecendo na escuridão...
Esconderam minhas palavras secas.
Me afastaram de minha alma.
Me tirarão a expressão.

Cortar os pulsos,
tomar o veneno,sangrar no chão...
isto pode ser uma pequena parte,
do que apagou minha canção.

Queria poder gritar,
falar sem regras ou formação.
"Tudo do meu ódio não pode ser amarrado"
O grito leva embora meu medo,
o que eu grito me faz nascer mais cedo,
sair da decomposição...
''Alma oceânica''
o grito joga no fundo do oceano o meu pacote de lamentos.
''Eu posso sentir no sabor de suas lagrimas''
o grito seca cada lágrima que cai,
e leva para o oceano, não volta mais.
dark angel
Enviado por dark angel em 26/07/2005
Código do texto: T37889
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
dark angel
Santana do Paraíso - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
17 textos (558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:52)
dark angel