Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOITE LENTA

Passo a noite pensando nos passos errados
Que dei ao pensar em você.
Penso e a noite passa lentamente.

Quantas vezes perdi o respeito por mim
Procurando respeitar alguém?
Quanto respeito  pode-se perder por si
Em uma só vida?
Quantas vidas terei de viver
Para aprender a respeitar-me?
Quanto nojo de mim suportará minha alma?

Passo a noite pensando em respostas que não vieram,
Embora as perguntas tenham sido feitas.
Faço da noite o castigo merecido e ainda não sei o quanto mereço ser castigado.
Quantos pecados terei de pagar?

Sinto-me pagando todos os pecados
Sem saber se são todos meus.
Minha é a noite que passa lentamente
E a dor que tira a paz e o sono.
Me sinto sozinho.
A noite é solitária
estamos em silêncio.
Wellington Fernandes
Enviado por Wellington Fernandes em 08/08/2005
Código do texto: T41202
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wellington Fernandes
Itabira - Minas Gerais - Brasil, 42 anos
101 textos (6366 leituras)
1 áudios (42 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:20)
Wellington Fernandes