Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vagando...

Vagando de olhos vendados
pelo corredor gelado.
Seguro minhas mãos
nas paredes frias
que formam o terrivel caminho

Em passos contados,
ando lentamente,
em direção ao meu destino

-ó destino traiçoeiro
onde me levarás
porque o que sofri em vida
nem o mais terrivel dos infernos
me fara sentir novamente...

E mais alguns passos são dados,
de olhos vendados...
Noto que o chão esta molhado
e o nível da agua começa a aumentar conforme caminho
como se descesse ao mar,
o mar do sofrimento.

E derepente...
a tristeza corrompe minha alma,
e meus passos começam a ficar mais rápidos,
cada vez mais rapidos,
e a agua vai subindo e subindo

De repente paro...
Sinto a agua na altura de meu peito,
respiro ofegante,
já não há mais paredes pra me segurar.
O medo me toma conta,
e de subito,
tiro a venda de meus olhos

Mas continuo não vendo nada,
abro os olhos e não vejo nada...
Só escuridao...
Como se a visão,
assim como todas as pessoas,
me tivesse abandonado no mar do sofrimento...

( to be continued)-Continua...
                                     By:Mau
Mau kun
Enviado por Mau kun em 28/08/2005
Reeditado em 28/08/2005
Código do texto: T45706
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mau kun
Torres - Rio Grande do Sul - Brasil
6 textos (235 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:32)
Mau kun