Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Máscaras, à noite, flutuam em
meus sonhos, se infiltrando no meu dia a
dia.
Quem é quem , nas tramas desta vida?


Abissais tristezas adquirem formas,
mimetizando pedaços de mim .
Travo os ponteiros do relógio...

Colho galhos de rosas , já envelhecidas,
me vejo em cada pétala ,
conseguindo, assim , me sentir flor!.





 
belvedere
Enviado por belvedere em 19/09/2005
Reeditado em 20/08/2016
Código do texto: T51748
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Texto de Belvedere Bruno). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
belvedere
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
220 textos (73255 leituras)
5 e-livros (1070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:43)
belvedere

Site do Escritor