Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão à porta

Nessas noites que tem que passar
Como um dia já ouvi falar

E quero em rimas pobres traduzir
O que agora faz-se sentir

Se tento arriscar uma métrica,
É pra um pouco de técnica

Mas é claro que nada disso importa
Vou abrir a porta, pra ninguém entrar

São noites em que a lua vê-me chorar
Mas das lágrimas, um dia, ha de brotar
Esse alguem
Que, pela minha porta,
Ha de entrar
Marry
Enviado por Marry em 24/09/2005
Reeditado em 25/09/2005
Código do texto: T53546
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marry
Caçapava - São Paulo - Brasil
18 textos (5228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:34)
Marry