Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No rosto um sorriso, mas um coração triste

Trago em meu rosto um sorriso...
Mas em meu peito tenho um coração triste,
No meu peito um grito de angustia
Um grito que para em minha garganta, me sufoca

O amor que antes habitava em meu coração
Não existe mais, deixando apenas um grande vazio,
E nesse vazio o silencio que apenas é quebrado pelo meu pranto
Um pranto de angustia de ter guardado aqui comigo a lembrança de cada momento

As lembranças de um de um dia ter um motivo pra sorrir...
E em cada lagrima que escorre pelo meu rosto é a lembrança de tempos que se foram,
Fico me perguntando o quanto um ser humano pode agüentar,
Até onde um coração pode suportar.

Em meu rosto trago um sorriso, mas um sorriso para disfarçar minha dor
Um sorriso que esconde meu sofrimento, minha angustia e tristeza
Se olhares em meus olhos verá todo meu sofrer
Toda minha solidão.

“Um dia a lágrima disse ao sorriso: invejo-te porque vives sempre feliz. O sorriso respondeu: engana-te, pois muitas vezes sou apenas o disfarce da tua dor”.
O Trovador Solitário
Enviado por O Trovador Solitário em 26/07/2007
Reeditado em 26/07/2007
Código do texto: T580350
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Trovador Solitário
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 27 anos
14 textos (2587 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/14 07:23)
O Trovador Solitário



Rádio Poética