Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FÁBRICA ?
Juliana Valis




O mundo nos revela uma fábrica de dores ?

No fundo, as cores vestem os passos nos dias

Como profundo enigma que só os amores

Poderão transformar em flores sós de alegrias,

Aqui, em nós, além de mil dissabores... 





E na tempestade das idéias sós,

O tempo desaba em nós,

Nos ponteiros sóbrios do afeto,

Tão premente e sem-teto

Que a mente se faz de chama,

Na sensatez de quem ama,

Além dos dias que vão,

No sincretismo de um coração incauto,

Neste sobressalto de emoção !




Então, o que fazer das fábricas de lágrimas sós ?

Como transformar a estupidez do mundo em calma ?

No fundo, o sonho que desaba em nós

Poeticamente nos alimenta a alma,

Mas a dor continua, ainda assim, atroz,

E, no fim, veloz como o verso em palma.




----



Quadro acima:


Pintor Pablo Picasso, "A fábrica".













Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 28/08/2007
Reeditado em 28/08/2007
Código do texto: T628320

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 33 anos
3989 textos (885256 leituras)
4 e-livros (1864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/17 13:13)
Juliana Silva Valis