Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA VIDA ENTRELINHAS

Numa bela manhã de outono as folhas caem
E você descobre que nada esta em seu lugar
E você olha pela sua janela
Senti o frio, pois a estação esta mudando.
E por, mas que você não saiba você também
E o que estava Guardado vem a tona
Junto com os seus imagináveis pesadelos
Sendo que nessa manhã você não
Consegui derrubar uma lagrima
Realmente moura do que esta prestes
Você e algumas pessoas acreditam
que isso não ia demora,
ao sair da capela você tenta se despedi
mas nunca disse realmente adeus
pois não acredita no fundo no que vê
pois quem acredita na morte prevalece
e adoece por ela
em pensar que depois disso você a pediu tanto
e a sentiu que para você a vida chega ser eterna
você perdeu muito e ganhou muito pouco
que implora de joelhos ao céu uma luz
uma luz imaginável
e descobriu nas cordas a salvação
que gritava dentro de você
mas suas lagrimas não pararam de cair
pois nunca estamos satisfeitos
e a solidão prevaleceu adoecendo
acreditando em qualquer um
cuspindo sangue a todos os lados
mas você já esta acostumada
a solidão pois desde criança
seu melhor amigo esteve dentro
de você.
Deslocou sua atenção no que você Era
cultivou novos hábitos e manias
Cultivou alguém irreconhecível
E inaceitável pra alguns
Que com o tempo descobriam que você era muito
mas do poderia ser ou simplesmente te descartarão
E como você estava com um furo no coração
Você sentia qualquer tragédia podia ser letal
Tento se afasta o Maximo possível
Revendo gente nova da antiga
Escondendo sua meia face tentando
Ajudar pessoas como você
Mentindo sobre amores
Revelando pequenas dores
Querendo saber muito
Mas dizem quem procura acha
E você descobriu
Um formula da qual pode salvar
Milhões da morte
Mas você tem medo de mostra-la
Pois quando mostrava antes de estar pronta
Todos a desprezavam, e riam de ti
Mas te digo
Nunca mostre a um idiota uma conta que
não de um conta resultado exato
mas mesmo assim você teve vergonha
e largou a no canto
ficando louca a ponto de quebra-la ao meio
acreditando ser um projeto de gente
um projeto do qual as pessoas projetaram pra você
pois parecia ser o caminho mas fácil
tentou matar o que estava dentro de você
mas como naquela manhã
você não disse realmente adeus
e quando via um papel e uma caneta
chegava a escrever um caderno de poesia onde algumas haviam rimas
mas o que importava quem iria ler  era o que você achava
mas como você faria alguém ler
se mal acreditava em você se comportando como marionete
então lhe deram uma chance
 para ser um projeto maior de gente
mas antes de segui-lo você teve uma visão
do qual seu amigo de infância lhe falava
que esse ano você iria encontrar um benfazejo
e como sempre você misturou as coisas
e quando começou a seguir esse projeto
você em seu primeiro dia caio ao chão
se levantando rapidamente, mas o que importa todos já tinham visto
lá lhe esperavam a rainha, dragão
e o lobo em pele de cordeiro do qual você acreditou
lá também estavam os cárceres e os projetos de gente como você todos juntos
um pouco mas de cem a direita e um pouco mas cem  a direito
você não estava vestido conforme os soldados
vivendo com o regime por dias que se tornam seculos e horas que se tornam milenios...enquanto dragao cuspia fogo em suas feridas voce ainda sobrevivia com uma uma cobra e dia apos alguns voce ia outros nao e isso acaba abrindo sua antigas feridas e te faz cair mas apesar de nao poder se levantar rasteja pelo chao por obrigacao e o que era um reino virou um inferno e no primeiro passo em falco ampuram-lhe o dedo fando o memso com o que faziam mandaran-te para o exilio enquanto tomavam seu sangue e serviam aos urrubus o banquete e exilio continuava ate que alguem veio te tirar da masmora e levar suas feridas dando lhe tudo pedindo uma unica coisa seu coracao...!!!e voce o da...!!!
KASTH
Enviado por KASTH em 31/08/2007
Reeditado em 21/09/2008
Código do texto: T631796
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
KASTH
Içara - Santa Catarina - Brasil, 25 anos
9 textos (265 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 18:11)
KASTH