Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luciano Pavarotti

O Rouxinol do jardim,
cantava e encantava;
Já se finou para mim,
a melodia que dava.
 
 E tanto me fez sonhar,
em melodias de amor;
Esse homem a cantar,
era um sonho de tenor.
 
 Pavaroti foi o fim…
Um Rouxinol se calou.
Ficou bem triste o jardim,
onde ele encantou.
 
 Era divino o teu canto,
foi um dom que Deus te deu.
Para todos nós um encanto,
que esta vida perdeu.
 
 Tua voz fica gravada,
em todos nós com amor;
Tua figura amada,
foi-se… deixando a dor.
 
 No etéreo onde subiste,
os anjos te vão ouvir.
Na terra ficamos tristes,
mas Deus… está a sorrir.
 
*****
A minha singela homenagem ao homem e ao enorme talento
do tenor Luciano Pavarotti.
 
Deus te receba nos seus braços.
 
Sines – Portugal
 06 de Setembro de 2007

 
António Zumaia
Enviado por António Zumaia em 06/09/2007
Código do texto: T641926
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
António Zumaia
Portugal
320 textos (20518 leituras)
71 áudios (5426 audições)
5 e-livros (1757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:12)
António Zumaia