Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

anteriores dias

Simplesmente não sei o que aconteceu
Foi como se estivesse a rodar
Estava atordoado
Sem saber por onde andar
Estive cego pro mundo
Não conseguia acordar
Tive medo do escuro
E nem podia escutar
Tudo tornou-se mais simples
Não tive medo de errar
Se não fui mais ousado
Pois tinha medo de te machucar
Mas foram dias especiais
Que vieram nossas almas marcar
Foram tão intensos
Que para sempre iremos lembrar
diogo vieira
Enviado por diogo vieira em 08/09/2007
Código do texto: T644268

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.recantodasletras.com.br/autore/dirisasi). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
diogo vieira
Limoeiro - Pernambuco - Brasil, 27 anos
32 textos (1281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 19:16)
diogo vieira