Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque é só madrugada quando choras

Onde está?
Eu procuro afastar-me
O inverno vai chegar e apagar o estio

Meu porvir
Se escurece na visão desta minha languidez
Tudo é dúbio e infeliz

Porque a dor, esta falta de harmonia
Enlaçou e matou a alegria
Vou deitar e morrer aqui e agora
Porque é só madrugada quando choras

Não sobrou
Uma chispa de emoção
Toda a sua ambição me secou com negrura

Vou ficar
Um momento a pensar no idílio que eu queria
No amor que se foi

Porque a dor, esta falta de harmonia
Enlaçou e matou a alegria
Vou deitar e morrer aqui e agora
Porque é só madrugada quando choras

Poetisa da Noite
Enviado por Poetisa da Noite em 12/09/2007
Código do texto: T649860

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poetisa da Noite
Santos - São Paulo - Brasil
133 textos (11057 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:01)