Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intra-vida,Sentimentos

Já não consigo pintar
um horizonte azul
em meu triste caminhar.

Meus olhos
já não veem nuvens brancas
no meu foco de olhar.

Eles teimam adentrar
ao interior da mente
e lá descobrir resposta

À esta vida-sofrimento
cheia de lágrimas teimosas
No meu rosto a rolar.

Na intra-vida que levo
já não consigo atinar
desde quando fui banido

de viver e desfrutar
das belezas existentes
que se furtam do olhar.

Sou carrasco de mim mesmo
neste mundo sem horizonte
que resolvi habitar

Frio e escuro labirinto
Triste vida absurda
De viver sem amar!
Jorge Alves de Oliveira
Enviado por Jorge Alves de Oliveira em 13/09/2007
Código do texto: T651269
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Alves de Oliveira
Gama - Distrito Federal - Brasil, 64 anos
3 textos (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:25)
Jorge Alves de Oliveira