Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longo dia

Hoje eu acordei triste,
e percebi que apenas o teu sorriso,
não iria aliviar a minha dor,
foi então que eu deixei escoar.

Quero gritar feito louco,
preciso me expressar de alguma forma,
mas tenho medo do que podem pensar,
tão novo, e já com medo.

Com vontade de chorar,
eu me seguro ao maximo,
não quero que me vejam assim,
tão frágil e triste.

Me tranco no banheiro,
esperando a maldita hora passar,
o dia quando triste mais parece uma eternidade,
e eu não tenho todo esse tempo.

As lagrimas negras,
da caneta do desconhecido,
escreve meus versos mudos,
esperando me sentir melhor.

As horas passam devagar,
e com o tempo,
sinto que minhas lagrimas,
já não querem mais sair.

Meus sonhos vão se perdendo,
a medida em que meu suor é derramado,
tenho tanto medo de me prender á isso,
chego a me sentir só com esses pensamentos.

Ao redor as mesmas pessoas,
com mascaras de felicidade,
e no fundo dos olhos,
a alma despedaçada.

Mas eu sei,
o Senhor prepara algo para mim,
e nessa esperança,
engulo as minhas lagrimas.

Espero me sentir melhor a noite,
espero sentir o vento forte,
levando tudo isso embora,
e renovando a minha alma.
Thiaguinhu
Enviado por Thiaguinhu em 19/09/2007
Reeditado em 29/09/2007
Código do texto: T659962
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiaguinhu
São Carlos - São Paulo - Brasil, 28 anos
74 textos (10901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 15:18)
Thiaguinhu