Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enquanto

Enquanto murmuras o tempo passa
Pessoas vão e oportunidades se acabam.
Enquanto te revoltas
Tua alma sofre, fenecendo os sonhos dourados
Que cultivardes por dias

Enquanto magoas
A alegria que te preenche a vida desaparece
O amor que se acumulava em teu íntimo
Dissipa, assim como todo pensamento no bem
E toda atitude em favor de ti mesmo

Enquanto sobrecarregas o semblante
Teu sorriso se recolhe tímido
E o teu olhar transmite pesar e revolta
Afastando todos, acostumados a ver-te
Irradiar paz e harmonia

Enquanto te preocupas com o dia de amanhã
O teu hoje falece de sede, fome e frio
E os planos que ostentas se esvaziam
De sentido, pois ao invés de ter o mundo
Necessário é que socorras o teu íntimo...






Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 29/09/2007
Reeditado em 29/09/2007
Código do texto: T673388
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 02:34)
Mar de Oliveira Campos