Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A IDADE PASSA

Percorro inconstantemente
O espaço
Em mim
(e) como muros fechados
Num instante de luta (luto)
E falta de sensatez
Sustenho-me (por momentos)
E espero
(espero)
Espero
Como que tendo o tempo em mim
Domando-me
Dourando-o
Durando-o em mim
Mas largo-o por fim
Com um ar sustido
Em dó
Em sílabas (já) gastas
De tanto apertar
Em dor
Esse tempo
Já gasto

O ar esvai-se
Mas não respiro
Sustenho-me
Em mim
Como o tempo
Que tive
E me fugiu.
Gilberto Cardoso
Enviado por Gilberto Cardoso em 29/09/2007
Código do texto: T673717

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilberto Cardoso
Portugal, 48 anos
91 textos (2874 leituras)
1 e-livros (54 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 07:02)
Gilberto Cardoso