Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cenas Tristes

Alegro-me por você chegar
Ponho-me aos prantos ao ver-te partir
Fique mais um pouco, faça me sorrir
Teu silêncio me corrói,
Tua ausência me destrói.

Não se vá...
Não saia por essa porta, não deixe que ela se feche
Não permita que eu a tranque.
Não gire a chave dos nossos sonhos, não os tornem pesadelos
Não me escape por entre os dedos

As lágrimas são como chuva,
Podem até molhar, mas não te farão voltar,
Vão rolar, tocar ao chão
As impeça de ofuscar nossa paixão

Pare, pense...
Podemos transformar o amanhã, fazê-lo diferente
Não seja tão inconseqüente.

Angustia-te a possibilidade de mudar?
Enlouqueço se nem ao menos tentar
Afinal, juntos podemos caminhar

As lutas amadurecem, faz-nos cautelosos
O tempo fez-nos melhores, fez-nos crescer
Não desista de mim, que não desisto de você.

Jaque Melo
Enviado por Jaque Melo em 30/09/2007
Código do texto: T674244

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jaque Melo
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
35 textos (2075 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 17:16)
Jaque Melo