Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMEAÇAS

Tu me ameaças...
Liga,dizendo que vai me matar
Maldito bêbado covarde
Nunca vou me amedrontar.

Odeio ser ameaçada
Ajoelhou tem que rezar
Cansei de tuas ameaças
Estou aqui esperando a morte chegar.

Sejas homem uma vez em tua vida
Podes cumprir a ameaça
Que vives a me fazer
Quando enches, teu bucho de cachaça.

Qualquer dia eu enfureço
Te enfrento cara a cara
E tua pega o teu revolver
E pode mandar bala.

Manda bala,e ve se acerta
Não deixa a mão tremer
Me mata marginal
Estou pagando para ver.

Tu não és homem,és lixo
Tu és o demónio em corpo de gente
És vergonha para teus filhos
Vil covarde, bêbado e prepotente.








thalya santos
Enviado por thalya santos em 04/10/2007
Reeditado em 24/09/2009
Código do texto: T680887

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
thalya santos
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 66 anos
389 textos (18660 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 06:45)
thalya santos