Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destruição (+)

É como um furacão que começa ventania e morre destruição
Esse meu amor, que começa alegria e morre de paixão
É como um cigarro, que nasce inofensivo e morre matando
Foi o teu desprezo, que nasceu do delírio e morreu em pranto
Diferente do vinho tinto, que fica melhor quanto mais tempo
É a saudade que sinto que amargura o meu sofrimento.
Hoje fumo meu cigarro, bebo meu vinho e vejo o furacão
Destruindo minha vida, meus pensamentos e o meu coração.
Fron Monseus
Enviado por Fron Monseus em 07/10/2007
Reeditado em 16/08/2009
Código do texto: T684868
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fron Monseus
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 29 anos
133 textos (6805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:10)
Fron Monseus