Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dor infinita

Essa dor infinita que meu peito habita
súplica triste de um amor vivido
na ilusão dos sonhos perdidos
na canção de amor cantada ao amanhecer...
a esperança de tuas carícias, de novo sentir
faz-me  assim iludidamente rendida ao teu amor
que sem paradeiro se fez eterno no meu viver
retorna coração ao teu ninho sem nada dizer
mesmo que na dor a saudade possa renascer...
Arlete Maria
Enviado por Arlete Maria em 07/11/2005
Código do texto: T68488
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arlete Maria
Campinas - São Paulo - Brasil
33 textos (1737 leituras)
1 e-livros (78 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 22:49)
Arlete Maria