Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dia

Houvesse eu um dia ter-lhe tido
Pudesse eu, um dia ter contigo estado!
Quisera que Deus me presenteasse com teu abrigo
Pudera eu ter um dia lhe experimentado!

Quisera então não ter vivido
Nem um dia desta vida sem teu abraço
Porque houvesses um dia partido
Alma frágil esta minha, tem saudade do teu regaço

Se a espera de uma frase salvadora
Te trouxesse de volta, como ave vingadora
De tempos idos, de outras vidas
Marcado é, se é pra ser assim, que sejam as minhas desditas!

Se tens minha vida, onde quer que vá
Leva contigo meu pensamento!
Leva a minha esperança, meu sentimento
Que já, meus não são, se pra você os tiver que dar!

Quem não é dono dos próprios tormentos
Não sabe viver de amanheceres cor de carmim
Sofre a tempestade das noites frias sem ventos
Chora o que não pode ter, chora pelo começo, meio e fim...

 -- Escrito em 30/05/2005 --
Flávia Jobstraibizer
Enviado por Flávia Jobstraibizer em 08/11/2005
Código do texto: T68843
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Flávia Jobstraibizer
São Paulo - São Paulo - Brasil
77 textos (52180 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:25)
Flávia Jobstraibizer