Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRANHAMENTE HUMANA

Tem um grito
que eu guardo
num canto.
Ele dói na garganta.
Tem um toque que
a pele não sente,
que faz a alma gemer,
o olho escorrer,
o doce, amargar na boca.
Tem uma canção que
eu não conheço,
um beijo que eu não
provei,um avesso
que não sentiu o
meu...
Tem uma tarde,
que eu não senti
o vento no meu rosto,
acariciando o nosso
gosto,de existir.
Tem aqui,um barulho
estranho de gente
que pulsa,
que reage,
que lambe
a ferida...
Antes de partir.
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 19/10/2007
Código do texto: T701487

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60265 leituras)
47 áudios (3086 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 09:32)
Luciane Lopes