Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha carta de suicídio

“O suicídio é a melhor forma de fazer com que os outros se sintam culpados pela sua morte”.


Uma vez eu li essa frase ela me marcou pra sempre...Ou ao menos até hoje.
Desde pequeno me disseram o que eu deveria fazer, o que não fazer, como agir, pensar, falar. Mas nunca me ensinaram a ver a vida com realidade. Nunca me ensinaram a viver.
É...Realmente...
Eu mudei...E nossa! Como mudei...
Não posso dizer se foi pra melhor ou pra pior, porquê quem vê isso não sou eu, são as pessoas à minha volta. Não sei como ela seria se eu fosse...Eu.
Mas uma coisa é certa, e que há tempos eu percebo isso... A vida não tem mais valor.
Nada mais te importa.
Cores são mortas, frases não têm mais conexão.
Não sei o que acontece comigo. Tenho amigos, tenho uma família. Tenho pessoas que ao menos, ao meu ver, me querem ver bem, me ver feliz. Mas, eu sinto um pedaço de mim faltando.
É um vazio importante que me faz estar nessa depressão crônica permanente.
Mesmo nos momentos mais felizes eu me sinto um nada. Simplesmente um fracasso.
Poderia ser como a Nívea disse:
- Você sente falta de uma companhia... Não amigos... Mas alguém que possa estar ao seu lado.
Meu Deus, quando ela disse isso, foi como um tiro no meio do peito.
Não, não a culpo e não culpo ninguém por essa minha decadência mortal. Eu deixei que a vida se tornasse isso.
E se eu fosse menos tímido?
E se eu tivesse mais coragem?
Seria diferente?
Eu me pergunto todos os dias se eu não tivesse visto a luz do amanhecer desde o meu nascer, ninguém sofreria dessa forma.
(!) É engraçado, eu reclamava das pessoas que se sentiam iguais a mim neste momento e eu, aqui, fazendo o mesmo. Nunca ninguém vai saber porquê eu fiz isso.
O que há na minha mente... O que há no meu coração.
Apenas o que as pessoas sabem que existe uma morada pra cada um dentro de mim.
Mas houve uma morada especial.
O que mais me arrependo nesse momento é de não ter gritado pra todos ouvirem:
- VANESSA, EU TE AMO!
Sabe por que não o fiz? Sou um fracassado estúpido e idiota ser que está aqui só pra ocupar espaço na Terra.
Sofro quieto. E isso me destrói.
Frase bastante interessante que uma vez eu li foi:
“Melhor queimar do que se apagar aos poucos”.
Aos meus amigos, nunca me esquecerei de vocês. Vocês foram tudo pra mim.
À minha família. Não fui o queriam o que eu fosse, mas eu amo cada um de vocês.
Não fui o melhor filho.
Não fui o melhor irmão.
Não fui o melhor humano.
Deixar pra trás tudo...

...”Essa dor no meu peito que não passa... Vai ser difícil terminar assim”...

Queria ter sido um amigo melhor, um filho melhor, um irmão melhor.
Mas a luz do Sol não merece mais se ofuscar em meus olhos.

E finalmente... Orem por mim... Deus não permite que um humano lhe retire a própria vida...
Suas orações serão escudos pra mim no inferno...
Fernando Jimmy
Enviado por Fernando Jimmy em 29/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T714363

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Escritor por Jimmy, Fernando. (Fernando da Costa de Souza)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Jimmy
Belford Roxo - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
9 textos (223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 11:01)
Fernando Jimmy