Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia minha

Poesia sem sentimentos,
são como versos mudos,
sentido sem efeito,
pranto sem lagrimas,
felicidade sem sorriso.

Como uma guerra sem batalhas,
onde o soldado pedisse a paz,
onde as bombas gerassem sorrisos,
e onde os feridos,
fossem feridos por amor.

Como um dia lindo,
e um dos mais belos sorrisos,
te fizesse chorar,
e o pingo de uma lagrima de sangue,
saísse de teus olhos e corria pela tua alma.

Como um dia ensolarado,
e o teu corpo sentisse frio,
onde a brisa suave,
congelasse a tua alma,
e petrificasse seu coração.

Poesia minha,
singela mas perturbara,
angustiante mas trará esperança,
alegre mas te deixa triste,
tira a coragem, mas querendo que arrisque.

Como um romance,
sem abraços e beijos,
estava também á esperar,
eu também desejo,
ouvir um te amo verdadeiro.

Sou aquele soldado,
pedindo a paz desesperadamente,
e também sou aquele ferido,
ferido por amor,
ferido por te amar.
Thiaguinhu
Enviado por Thiaguinhu em 06/11/2007
Código do texto: T726260
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiaguinhu
São Carlos - São Paulo - Brasil, 28 anos
74 textos (10902 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:31)
Thiaguinhu