Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHORO...
 
Todas as noites quando eu lembro de nós dois
E vou reler bilhetes ou fotos (pra que?)
Eu começo sorrindo ao lembrar de você
Mas logo me transformo e o pranto vem depois.
 
Pareço uma criança que a mãe esqueceu
Nos bancos solitários de algum metrô...
E em cada carta sua tem escrito: - “mô”,
A única mulher que vai te amar sou eu”...
 
Mas sabendo que o perdão entre nós não há,
O tenebroso fim justificado está
E pouco importa a mim que de nós dois errou...
 
O importante disso tudo é que me coube
Chorar um pouco mais, quando hoje cedo eu soube
Que ao ler as minhas letras, seu pranto jorrou...
 
 
Nizardo Wanderley
Enviado por Nizardo Wanderley em 10/11/2007
Código do texto: T731109

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nizardo Wanderley
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
679 textos (92846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:40)
Nizardo Wanderley

Site do Escritor