Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HÁ UMA DOR EM MEU PEITO...

Há em mim uma espera lenta,
Que corre rápida ao encontro
De uma certeza que não quero ter,
Mas não posso evitar,
Há uma dor instalada no peito,
Um grito sufocado que precisa calar,
Pois ainda tenho muito para caminhar,
Lágrimas se acumulam, outras mais teimosas,
Escorrem livremente pelo rosto,
É a desesperadora espera de um momento
Sobre o qual não tenho nenhum poder,
Do qual não posso fugir, mas está doendo
Ter que vivenciar.
Preciso ir... Mas queria ficar,
Fingir que foi um sonho,
Que não houve telefonema,
Que está tudo bem,
Que a morte pode esperar
E que meu Pai ainda vai viver muito,
Mesmo que a medicina tenha
Sentenciado o contrário.
Eu vou rezar,  pedir força
Ao Criador da vida, para enfrentar
Esse momento e se não for pedir
Demais, deixar que papai viva
Um pouco mais.
Boa noite papai, logo mais estarei com o senhor,
Junto aos irmãos e amigos...
Rezando por sua vida!


Ângela M Rodrigues O P Gurgel
Enviado por Ângela M Rodrigues O P Gurgel em 15/11/2007
Reeditado em 15/12/2009
Código do texto: T737708
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ângela M Rodrigues O P Gurgel
Mossoró - Rio Grande do Norte - Brasil, 54 anos
1555 textos (397027 leituras)
5 e-livros (496 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 17:01)
Ângela M Rodrigues O P Gurgel