Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Evasiva

foge de meu olhar,
ignora minhas juras,
finge não me ver,
diante de minha alma pura.

olhares quentes,
partem de mim,
juras de amor eterno,
eu nunca mentiria assim.

meu reflexo
no espelho
minha pureza
que revejo.

amo você,
em incandescentes olhares
e congeladas juras
não cinto as minhas dores.

diante do prazer
de te-la diante de mim
choro vendo seu jeito
esquivo diante do fim
Sem Nomes
Enviado por Sem Nomes em 15/11/2007
Reeditado em 20/06/2009
Código do texto: T737907
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sem Nomes
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 29 anos
113 textos (4557 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 20:06)
Sem Nomes