Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À mãe que se foi


A noite
       disseminou-se
pelo corpo da cidade
por todas as células
                    voraz.

O poeta
está profundamente só.

Luzes artificiais
         cintilam nas ruas
veículos
            vão
e vem
ruídos domésticos
entoam
       sua canção.

O poeta
está profundamente só.


  e habitado por lembranças
vida dividida
difícil subtraí-la
                  com a morte.

A dor seguirá seu caminho
isto se sabe
            em todos os idiomas.

O poeta repete Vinícius
não pensou que a vida
                     finda
fosse um Poema de Natal.

Ricardo Mainieri
Enviado por Ricardo Mainieri em 24/11/2005
Reeditado em 24/11/2005
Código do texto: T75604
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo Mainieri
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
1915 textos (29349 leituras)
1 e-livros (105 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:10)
Ricardo Mainieri