Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Prefiro o Silêncio!

Tento apagar do passado a lembrança escura obscura da noite anterior
Cinzas espalhadas e uma história jogada no fundo do abismo dores, chagas que minha alma tenta vencer caminho sem volta!!!
Busco um lugar onde eu possa me abrigar do medo que tomou conta do meu coração!
Trataste-me com um desprezo olímpico.
Como se, simplesmente, ignorasses impertinências
de um adolescente.
Neste momento ainda me dói, mas, dentro em pouco, primeiro
o ódio e depois a indiferença se instalarão no meu coração.
Não tenho tempo.
Aprendi, também...
Vivo de mau-humor e isso é sistemático.
Poderia aceitar o meu fracasso e dirigir minha agressividade
contra mim mesma.
É o que faço habitualmente. Mas agora a cólera se apodera de mim.
E a impaciência.
Sim, pois conheço os mecanismos de minha alma.
Em outros tempos, eu teria podido imaginar que amava
um super-homem.
Agora sei que é muito pouco, se eu te despojo de minhas projeções.
De modo que, se te negas ser suporte de meus anelos, não tenho
outro remédio se não dar a marcha ré.
Estou nervosa desesperançada.
Não me restam forças para lutar, mas, principalmente, não
saberia por quê fazê-lo.
Felizmente não recebes a mensagem de meu mau-humor.
Eu ficaria muito humilhada se soubesses que estou furiosa.
Nunca reivindicarei nada de ti.
Pelo menos, não de forma explicita.
Seria confessar minha frustração.
Então...Prefiro o silêncio. !!!

Polyane
Enviado por Polyane em 30/11/2007
Código do texto: T759703

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Polyane
Diadema - São Paulo - Brasil, 31 anos
17 textos (655 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 17:11)
Polyane