Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU QUERO IR EMBORA

Eu Quero Ir Embora

Quero ir onde meu coração mora
Sair deste local de dor no qual
Minha alma sem dono chora
Quero abraçar quem eu amo
E nunca mais voltar
Espero não ter muito de esperar

Eu amo demais e adoeci
Eu vejo demais e cansei
De Olhar e não poder tocar
O que somente meu espírito pode ansiar

Não acho que verei
Mas do fundo do que sou
E mesmo longe para onde vou
Eu sempre te amarei

Eu me sinto intensamente vivo
É algo que de sempre eu sirvo
Não sei fazer nada
Vivo de depender
Venha, me ensina á viver

Ou hoje, amanhã ou depois
Estou indo sem aviso
Espero deixar pelo menos
Do que sou
O que me resta
Uma flor,uma nuvem,um abraço,uma aresta
Uma ponta qualquer de teu sorriso

 
Aluísio Bórden
Enviado por Aluísio Bórden em 01/12/2007
Código do texto: T760274

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluísio Bórden
Teresina - Piauí - Brasil, 43 anos
232 textos (10521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 22:57)