Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos d'água

Olhos d`água guarde as magoas
Pra quando a morte vier
Com seu manto azul cobrir-me
Assim que eu não mais puder

Olhar os olhos da amada
Que vive de bem com a vida
Olhos dágua guarde as magoas
Que a morte seja bem vinda

Daí-me forcas nessa hora
Traga o sol por um momento
Que se escondeu nos olhos dela
E consome meus pensamentos

Olhos d`água eu só preciso
Desse momento, espera...
Daí-me só mais um minuto
Pra que eu morra ao lado dela

Amenize essa agonia
Não deixe que eu morra assim
Sem no derradeiro instante
Eu vê-la...Ainda que sorrindo pra mim




petronio paes frança
Enviado por petronio paes frança em 03/12/2007
Reeditado em 03/08/2011
Código do texto: T762798
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
petronio paes frança
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
549 textos (20653 leituras)
2 áudios (40 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 03:48)
petronio paes frança