Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino Em Turbilhão

Sorvo segredos
No copo das despedidas.
As bochechas de abismo
Abrigam a fuligem do beijo
Dos anjos caídos.
Construo muro de ausências...

Meus fantasmas
Fumam a si próprios.
Meus medos
Enfrentam a insônia.

A noite tomba
Como sombra
Ferindo meu imaginário
de manchas e mágoas.

Na sombra do mistério
Inflamam-se músicas
Que preenchem
Meu recôndito espasmo
O destino em turbilhão
De ser triste poeta.
Luis Felipe Saratt
Enviado por Luis Felipe Saratt em 03/12/2007
Reeditado em 04/10/2008
Código do texto: T763415
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luis Felipe Saratt
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 35 anos
61 textos (1087 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 13:13)